segunda-feira, 2 de outubro de 2017

Plotter Usado - Como Comprar ?

Dinheiro para investimento está curto ? No atual momento econômico do país, em algumas demandas, mercados e produtos específicos, investir em um plotter usado pode ser a melhor opção ?!

Mas como escolher um plotter usado ?

Listamos abaixo alguns cuidados e itens a certificar :


  • Verificar se o plotter que está comprando não está como garantia de dívida ou se ainda não foi quitado seu financiamento. O número de série do plotter está atrelado à sua nota fiscal e contrato de financiamento; Há certidões cartoriais que certificam a alienação do bem;
  • Verificar o ano de fabricação do plotter para certificar se ainda há garantia do fabricante ;
  • Verificar se foram usados suprimentos originais  no plotter ;
  • Desde 1998 alguns fabricantes como a HP separaram a cabeça de impressão do reservatório de tinta no plotter, ou seja, precisará de alguma forma de suprimentos originais ? Certifique se há cabeças de impressão a venda no mercado ;
  • Se há placa de rede instalada no plotter, velocidade, também a velocidade da rede de instalação do plotter na sua empresa;
  • Há discos, dvd's ou drives para instalação do plotter disponíveis na web ? Compatível com qual versão de sistemas operacionais como da Apple, Windows e outros ;
  • O software que deseja utilizar para imprimir no plotter é compatível ?
  • Se informe se o plotter  ficou fora da energia e por quanto tempo. Se ficou desligado na chave traseira ou da energia da rede, as cabeças de impressão podem ter ressecado e agora, somente novas; 


Pergunta : investir hoje, em usados, assim como outros modelos da mesma época, vale o investimento ? Para quais aplicações ?
    
   

    
O exemplo do plotter HP Designjet 450C ilustra a evolução no tempo dos plotters. 

Era o 'modelo' em 1997 !!!

Pense em um computador de 1997, seria um PC 486 ou, quem sabe, um Pentium para aqueles que investiam com mais vigor na evolução informática, na rapidez de processamento.

plotter HP Designjet 450C  tem a idade, tecnologia e velocidade de processamento do PC 486 ou Pentium da mesma época, quase 20 anos atrás. Internamente nos plotters há uma placa mãe instalada que tem tecnologia da época de fabricação.

Resumo: não existem drives compatíveis com sistemas operacionais atuais, suprimentos, peças e principalmente, a velocidade de impressão do plotter não atende, dá preguiça e sono. Cartucho de tinta com apenas 41 mililitros.

Evoluímos : colocar um rolo de mídia no 
plotter é bem mais fácil, sentado, as impressões ficam organizadas no stacker, informações de tinta e mídia no rolo pelo computador ou celular. Veja a imagem acima, os comandos são via botões e somente no plotter.

Pior, o plotter HP 450C tem conexão via cabo e saída paralela com o computador. Hoje, muitos computadores já tem somente saídas USB.

Cuidado, há muitas ofertas de equipamentos totalmente inoperantes e incompatíveis. O barato que sai caro !

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.