quarta-feira, 12 de abril de 2017

PLOTTER - Porque Papel Alcalino ?

O papel é um material usado também para impressão em grandes formatos e feito a partir de fibras de origem vegetal.

As fibras adquirem resistência com a sua colagem interna.
    
A colagem interna é o principal fator de interferência no controle de penetração de líquidos, seja como exemplo a água ou no processo de impressão

Antigamente, os papéis eram todos fabricados pelo processo de colagem ácida. Neste processo utilizava-se como agente de colagem o sulfato de alumínio, a cola de breu e a alumina. Estes aditivos acidificavam o meio e o papel final produzido ficava com uma faixa de pH na faixa de 3,5 a 5,5 . O papel ácido tinha uma grande desvantagem que era de ficar com tonalidade amarelada e também ter uma durabilidade muito pequena, ou seja, o papel se degrada com facilidade e perde a brancura e a alvura com o passar do tempo.
                                              
                                                                              
Novas tecnologias desenvolvidas nas quais os agentes de colagem foram substituídos por produtos que são derivados do petróleo (cola ASA e AKD), permitiram maior estabilidade a uma faixa de pH alcalino (7,5 a 8,5). Com isso, o carbonato de cálcio utilizado como carga mineral se tornou mais estável e o papel, além de ter ganho em brancura, também ficou mais durável sem ocorrência de reversão de alvura e degradação do papel..

É importante para o gráfico e profissionais da impressão em grande formato conhecer essa característica, pois, num papel pouco colado e muito poroso (com valores altos de permeância ao ar) carregado para impressão no PLOTTER, poderá ocorrer a migração da tinta de uma face para outra da folha durante a impressão, causando o repinte, além do excesso de ganho de ponto devido à penetração excessiva da tinta no papel.
    
Por outro lado, num papel muito colado e/ou muito liso, poderá acontecer um aumento no tempo de secagem da tinta, causando o decalque no impresso.

O papel alcalino vem sendo fabricado no Brasil, em escala industrial, desde 1996. Atualmente, a  quantidade produzida é superior a 2.000.000 toneladas ao ano.

Fonte : Adaptado de  ABTG - Associação Brasileira de Tecnologia Gráfica por Célio Robusti  - Na íntegra aqui .

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.