domingo, 31 de março de 2013

FELIZ PÁSCOA !!!

FELIZ PÁSCOA !!!
  
  
   
 
Lembrando e adaptando Youngme Moon em "Diferente":
 
Menos é mais apenas quando o mais virou uma facilidade (commodity).
 
 
Foto : Canela - RS -  Março / 2012

quinta-feira, 28 de março de 2013

Melhor Foco ...!!

Basta ter um ponto de foco, um monumento, um ponto turístico ou em impressão digital, um cliente interessado!!
    .
    
Posicionam os tripés, as propostas, cada um pensa ter o melhor foco, a melhor proposta, a melhor luz e a melhor sombra !! E ao final a foto e o cliente serão como uma moeda de ouro.

Mas CHEGAMOS A MAIS DE 1000 
PLOTTERs L25500 e L26500 no Brasil !!!
      .

Em menos de três anos, mais de 1000 impressoras de grande formato da linha HP Designjet com uso de tinta Latex foram entregues !!! Qual empresa do mesmo mercado chegou a este número neste tempo ?

É ouro !!


Alta Qualidade em Impressão Versus Tecnologia Verde - Parte II

Como as empresas se esforçam para deixar um legado mais verde, a tecnologia de tinta solvente, apesar de sua alta qualidade e baixo custo é um assunto de elevado de debate. As tecnologias de tintas solventes terão futuro na indústria? Algumas empresas dizem que a tecnologia de tinta solvente será extinta no futuro, outros dizem que é uma tecnologia estável. Continuando a primeira parte daqui, abaixo mais opiniões !!

Reed Hecht, gerente de produto da Epson, falou sobre a tecnologia de tinta UltraChrome GS e suas vantagens ecológicas: "Esta tecnologia elimina a necessidade de secadores externos e sistemas depurificação de ar reduzindo a quantidade de compostos orgânicos voláteis prejudiciais, comumente utilizados em outros solventes." Hecht continuou, "A Epson também conseguiu remover o elemento níquel [Ni] dessas tintas."
   
Randy Anderson, gerente de marketing de produto da Mutoh, também tinha a noção de que uma tecnologia de tinta diferente seria a melhor escolha para um produto mais verde: "A Mutoh anunciou recentemente a tinta MP-21, uma tinta bio-solvente, para o nosso híbrido Mutoh VJ1608HS. Essa tinta tem maior gama de cores e uma melhor aderência em uma ampla gama de substratos. "
   
Da mesma forma as tintas bio-solvente, uma tinta solvente suave, como tinta eco-solvente é a melhor opção para ir ao “verde”. "Ela - a tinta eco-solvente - é praticamente inodora, não contém compostos orgânicos voláteis, e, mais importante, não requer grandes quantidades de energia para secar ou curar a tinta", afirmou Fernando Catania, gerente de produto da Roland. "Embora tenha sido inicialmente apresentada como uma alternativa de baixo VOC, tintas eco-solvente tem substituído o uso de solventes por causa de seu menor impacto ambiental, sem sacrificar a sua seleção de mídias", continuou ele. "Tinta eco-solvente ainda pode ser usada com uma grande variedade de materiais, como papel, tecidos impressos, PET e outros materiais não-PVC, então você não está limitado pela escolha do material. 
    
Em geral, a maioria dos peritos observaram que as melhores inovações para tornar mais “verde” o mercado seriam através de outros meios de tecnologias.
     
Solventes "verdes"? Talvez ! 
   
Com as várias vantagens e desvantagens de cada tipo de tecnologia de tinta, a maioria dos especialistas consideram que a tecnologia de tinta solvente para PLOTTER não seria uma boa candidata para competir com outras tintas ecológicas, mas recomendaria tecnologia eco-solvente como uma opção melhor para competir. 
    
"Nós estamos experimentando um aumento nas vendas de produtos eco- solvente", afirmou Anderson, "e nós lançamos nossas novas impressoras têxteis usando tintas aquosas para fornecer aplicações mais "verdes", dando opções a nossos clientes para escolher o aplicativo certo para as necessidades de seus clientes".
   
"Continuamos a ver uma transição enorme de usuários finais com tintas solventes em PLOTTERs, migrando para tintas Roland eco-solvente", disse Catania.  
   
Ryan e Salomon, no entanto, tem muitos pontos de vista opostos sobre o assunto. "A tecnologia de solvente continua a ser o número um em tecnologia para impressos gráficos expostos ao ar livre, e o objeto de uma quantidade enorme de pesquisa e desenvolvimento", disse Ryan. "Quase todas as empresas estão introduzindo novas tintas solventes mais verdes. Enquanto tintas UV e látex tem certas vantagens para determinadas aplicações, solventes ainda oferecem a melhor qualidade de imagem, a melhor durabilidade ao ar livre, e com o menor custo de funcionamento de qualquer tecnologia. E não vemos nenhuma “UV” atual ou tecnologias de látex desafiando a tecnologia solvente no futuro próximo".
    
"Eu acho que todas as tecnologias de impressão irão melhorar a sua qualidade em função de avanços na cabeça de impressão e tecnologia de tinta", afirmou Salomon. "Eu acredito que a tinta solvente irá usar seu baixo custo por metro quadrado como sua única arma contra a diminuição da procura. Além de custo, não há razões para as futuras gerações de dispositivos de impressões em grandes formatos para usar tintas solvente".
    
"Tintas para PLOTTER de cura UV tem uma vantagem ambiental sobre solvente, devido à ausência de VOC", disse Mitchell. "Apesar de tintas solventes continuarem a melhorar com mais matérias-primas renováveis ​​e VOC inferiores, tintas UV irão manter a produtividade e uma vantagem ambiental."
    
"A demanda por novas tecnologias que são menos prejudiciais ao meio ambiente e saúde do trabalhador e que substituirão antigas, produtos de qualidade inferior, vai continuar a subir, não apenas para impressoras, mas em muitas outras indústrias", disse Hecht. "A Epson tem orgulho em projetar produtos com um olho para o meio ambiente e outro para a eliminação de substâncias nocivas."
     
Continua...


#NaoFiqueNaLona

quarta-feira, 27 de março de 2013

Alta Qualidade em Impressão Versus Tecnologia Verde


Como as empresas se esforçam para deixar um legado mais verde, a tecnologia de tinta solvente, apesar de sua alta qualidade e baixo custo é um assunto de elevado de debate. As tecnologias de tintas solventes terão futuro na indústria? Algumas empresas dizem que a tecnologia de tinta solvente será extinta no futuro, outros dizem que é uma tecnologia estável.

Neste post trazemos o artigo de Maria Hoffman publicado em Março de 2011 no site MyprintResource, aqui na íntegra, há um ano atrás, sobre tecnologias de tinta usadas em PLOTTERs para impressão em grandes formatos. Leia, já faz um ano, perceba o que foi escrito e o que realmente aconteceu no mercado !! 

ESPECIALISTAS OFERECEM PERSPECTIVAS MISTAS
    
Como acontece com qualquer tecnologia, tem havido várias inovações em ordem para que a tecnologia solvente se torne mais verde, fazendo com que ambas, vantagens e desvantagens para a tecnologia de solvente. Patrick Ryan, gerente geral da Seiko Instruments Inc. nos EUA, declarou que três maneiras de impressão solvente estão se tornando mais verdes: tecnologia de tinta, cartuchos de tinta e melhoria em sistemas de limpeza do ar . "Nós continuamos a explorar e melhorar os tipos de solventes utilizados em nossas tintas para que eles sejam mais seguros para a saúde humana e ao meio ambiente", disse Ryan. "Embora haja alguma troca com o desempenho, tais como brilho, resistência à luz e uma gama de cores . Melhorias estão sendo feitas por cada geração de tintas. Os cartuchos de plástico agora estão se tornando obsoletos, como a Seiko, mais empresas estão mudando para sistemas com saco de tinta. Isso impede que uma grande quantidade de cartuchos de plástico sigam para aterros sanitários ou em incineradores". 
    
Terry Mitchell, diretor de marketing da Fujifilm América do Norte, também observou inovações para se tornar mais verde. "O uso de maior percentual de matérias-primas renováveis ​​e menor VOC têm sido o foco de desenvolvimento de tintas solvente, resultando em um menor impacto ambiental dessas novas formulações de tintas solventes", disse Mitchell.
   
Embora Ryan e Mitchell observem inovações com a tecnologia de tinta solvente, alguns especialistas acham outras tecnologias de tinta como a melhor maneira de “chegar” ao verde. Larry Salomon, vice-presidente da Agfa Graphics, declarou: "Eu acredito que as tintas látex e UV curável são a solução verde para a tinta solvente".

Joan Perez Pericot, diretor mundial de marketing da HP, também sente que outras tecnologias de tinta são a melhor solução para se chegar ao “verde”. "Temos visto um nível muito mais elevado de inovação e progresso, particularmente quando se trata de fatores ambientais, com tecnologias de tinta de cura UV e látex, do que as tecnologias de tinta solvente nos últimos doze meses", disse Pericot. 
    
"Como o mercado continua a se recuperar da recessão, estamos vendo um interesse renovado de clientes em reduzir o seu impacto sobre o meio ambiente e melhorar as condições de trabalho em sua loja de impressão. Além disso, as empresas e agências de publicidade estão se tornando mais sensíveis ao impacto ambiental de suas atividades de impressão de publicidade e estão ajustando em acordo seus hábitos de compra", Pericot continuou. "As tecnologias de tinta de cura UV e látex oferecem as melhores soluções para atender a essas demandas e as necessidades de durabilidade e qualidade da indústria, abordando uma ampla gama de aplicações."

"Os esforços de desenvolvimento para sinalização tradicional têm sido focados em torno da tecnologia UV, que é uma solução mais verde", disse RJ Sullivan, gerente de produto da EFI.
 

 

segunda-feira, 25 de março de 2013

Qual a Resolução Ideal para Digitalização de Projetos Históricos ?

O exemplo do post anterior vale para mapas e projetos com escalas acima de 1:10.000. 

Mas, em muitos documentos e projetos históricos, se aplica pelo quesito do tom. Quanto maior a resolução de digitalização, maior a fidelidade em relação ao original. Maior a possibilidade de captura de tons em função do tamanho do ponto (pixel). Pela imagem abaixo percebe-se a quantidade de tons da mesma cor em um pequeno espaço.

 

Não é do nosso interesse prescrever equipamentos como solução aqui no Blog. Como o universo de utlizações é infinito e cada empresa ou cliente tem a sua necessidade, o que podemos fazer é informar a melhor forma de encontrar a solução com as ferramentas que comercializamos. O melhor ? Não sabemos. O melhor é o cliente quem decide.

Veja a imagem acima. É uma imagem digitalizada de um projeto antigo. A "tecnologia" da época era apresentar o projeto com a percepção de tons de azul, cinza ou "sépia".

Uma justificativa para scanners e digitalização de alta definição, pode ser exatamente a quantidade de pontos (pixel) necessários para determinados trabalhos.

Como em algumas escalas 1 milímetro pode significar 10, 20, 100, 250  metros ou mais, quanto maior a resolução, maior a precisão da imagem.
 
Por exemplo, se você digitaliza um projeto antigo na resolução de 400 pontos por polegada (dpi), como uma polegada que tem 25,4 milímetros, 400 pontos (pixels) serão inseridos em uma polegada. O tamanho do ponto (pixel) será de 25,4 milímetros / 400 pontos, logo o tamanho do ponto (pixel) será de 0,0635 milímetros.

Novamente, qual a importância dessa informação ?

1 mm no projeto = 100.000 mm no terreno
1 cm no projeto = 100.000 cm no terreno
   
Em uma escala de 1:100.000 por exemplo onde um milímetro equivale a 100 metros, o ponto (pixel) significará 100 metros X 0,0635 = 6,35 metros. Cada ponto (pixel) terá 6,35 metros.  

O exemplo acima vale para mapas e projetos com escalas acima de 1:10.000.
   
Mas, em documentos e projetos históricos se aplica pelo quesito do tom. Quanto maior a resolução de digitalização, maior a fidelidade em relação ao original. Maior a possibilidade de captura de tons e nuances em função do tamanho do ponto (pixel) .

Em muitos projetos de digitalização de acervos históricos que participamos, percebemos o interesse na "guarda" da identidade visual dos documentos. Para isto não são todos os scanners que tem aplicação.

sexta-feira, 22 de março de 2013

Qual a Resolução Ideal para Digitalização em Grandes Formatos ?

Qual a resolução ideal quando quero vetorizar ou digitalizar um mapa ou projeto ?

A vetorização de curvas de nível é um destes trabalhos que usaremos na explicação. Curvas de nível são temas de mapas e desenhos de alto nível de detalhes e que precisam de alto nível de compromisso no processo de vetorização, com a qualidade e correspondência fiel ao original. Depois de vetorizadas serão utilizadas para cálculos de volumes, locações e outros.

O processo de digitalização deve padronizar o mais alto nível de resolução possível, para que no processo de vetorização, como consequência, sejam feitos o maior número de pontos ( vértices ) no desenho dos contornos das curvas de nível.
     
    
    
Veja a imagem acima. Faz parte dos temas vetorizados de curvas de nível mestras e intermediárias da carta do IBGE de Amargosa no estado da Bahia. Perceba, clicando na imagem para ampliar, o detalhe das curvas e seus contornos.

Como a imagem foi digitalizada do original do IBGE em uma resolução acima de 400 pontos por polegada ( ppp ou dpi ), foi possível vetorizar com alto grau de fidelidade e depois, utilizando software aplicativos para limpeza e controle de arredondamentos, "limpar" o arquivo de vértices redundantes nas mesmas curvas de nível.

Uma justificativa para scanners e digitalização de alta definição, pode ser exatamente a quantidade de pontos necessáriovs para determinados trabalhos.

Como em algumas escalas 1 milímetro pode significar 10, 20, 100, 250  metros ou mais, quanto maior a resolução, maior a precisão da imagem e posterior vetorização.

Por exemplo, se você digitaliza um mapa na resolução de 400 pontos por polegada (dpi), equivale dizer que em uma polegada que tem 25,4 milímetros, 400 pontos (pixels) serão inseridos em uma polegada. O tamanho do ponto (pixel) será de 25,4 milímetros / 400 pontos, logo o tamanho do ponto (pixel) será de 0,0635 milímetros.

Novamente, qual a importância dessa informação ?

1 mm na carta = 100.000 mm no terreno
1 cm na carta = 100.000 cm no terreno
   
Em uma escala de 1:100.000 por exemplo onde um milímetro equivale a 100 metros, o ponto (pixel) significará 100 metros X 0,0635 = 6,35 metros. Cada ponto (pixel) terá 6,35 metros.     
Quando "errar" um milímetro para qualquer direção, estará "errando" mais de seis metros.
Perceba a importância de uma boa informação na compra de seu scanner de grande formato, na encomenda de uma digitalização de mapas ou projetos e fotos aéreas.
     

quarta-feira, 20 de março de 2013

Impressoras 3D

O Jornal Nacional da rede Globo apresentou matéria sobre a novo sonho mundial de consumo : ter uma impressora 3D !!

A matéria do Jornal Nacional pode ser vista aqui !!!

A seguir alguns vídeos sobre equipamentos para impressão 3D !!
       
    
      
       

Lembra  Levitt em 1983 : 

"Uma poderosa força impulsiona o mundo na direção de uma comunhão convergente, e essa força é a tecnologia. A tecnologia tem proletarizado a comunicação, transporte e viagens. Ela fez lugares isolados e pessoas empobrecidas, ávidas por seduções da modernidade. Quase todas em toda parte querem as coisas que já ouviram falar sobre, visto ou experimentado via novas tecnologias. O resultado é uma nova realidade comercial : o surgimento de mercados globais para produtos de consumo padronizados em uma escala nunca antes imaginada de magnitude".

terça-feira, 19 de março de 2013

Arquivos Híbridos - Imagem e Vetor - Impressão, Digitalização e Cópia

A locação de propriedades por sistemas de coordenadas e a atualização das dimensões é um constante gerador de trabalhos para técnicos, topógrafos e agrimensoresTambém com a área de estradas, grandes terraplenagens, mapas-chave de grandes projetos, topografia, mapas de localização e outras utilidades onde se deseja mostrar em uma região a área de interesse.

Para este trabalho as cartas do IBGE são o pano de fundo e sistema ideais.  Há muita reclamação, mas as cartas do IBGE são, em alguns casos e regiões, a única fonte de informação para quem não deseja fazer um novo levantamento topográfico ou locação.

Uma utilidade da imagem raster ou digitalização é o pano de fundo para softwares que permitem inserir imagens em arquivos vetoriais. O resultado é um arquivo híbrido. Veja a imagem :
    
Clique na imagem para ampliar 
   
Na imagem os objetos em tons de cinza pertencem a imagem da carta que foi digitalizada e feita a vetorização das curvas de nível e hidrografia. A vetorização da hidrografia em azul escuro e, as curvas de nível mestras em verde, intermediárias em azul claro. As informações estão em camadas ( layers ) diferentes, podendo ser mostradas em tela ou não.
   
    
Caso seja possível e necessário, ambas as informações - imagem e vetores - podem ser impressas para a mostra necessária a quem e local de interesse. Também estudos e demonstrações podem ser realizados em tela de computador.

Para a impressão e escaneio de formatos de desenhos técnicos, cartas do IBGE e mapas coloridos, temos as melhores soluções em digitalização.

Se deseja imprimir arquivos híbridos com imagem e vetor, também temos a melhor solução em impressão de imagem e vetor no mesmo arquivo.



segunda-feira, 18 de março de 2013

quinta-feira, 14 de março de 2013

Plotter Mais em Conta...

Algumas vezes em atendimento por telefone de cotações de PLOTTER somos questionados com a pergunta: qual o PLOTTER mais em conta ?

O interessado dá voltas, visita o site, não entende do que quer imprimir e pensa que a compra de equipamentos é feita pelo preço !! E depois ?

Os equipamentos foram amplamente desenvolvidos e no mercado vários nichos de  negócios cresceram. 

O mesmo em tons, cobertura, fidelidade de cor, variedade de mídias e custo para a área de fotografia e fine art.

Para a área de Comunicação Visual tudo acima mais o compromisso da necessidade no momento certo pois em muitos casos é feita uma estrutura empresarial em função do PLOTTER. Pequenas ou grandes quantidades com pouca padronização.
     
E na área técnica para as diversas disciplinas de engenharia, também modelos específicos para pequenos escritórios, copiadoras e departamentos e também impressão em papéis fotográficos. Além dos multifuncionais de grandes formatos.
   
Não existe o PLOTTER mais em conta !! Existe um PLOTTER para aplicações que previamente podem ser informadas, estudadas e direcionadas para o equipamento de melhor retorno e custo com benefícios. 
   
Contate um vendedor autêntico, um revendedor autêntico e com experiência ! Não é produto para uma arca de Noé !!

E mais, não confunda vendedor te ligando para fechamento, com atendimento. Insistência não é atendimento!!!



Foto : Adega fazenda Vale Verde - Betim - MG
 

quarta-feira, 13 de março de 2013

Feira FESPA Brasil 2013 - Começa Hoje !!!

A  feira FESPA Brasil 2013 começa hoje em São Paulo !!!

Para visitar a feira FESPA Brasil 2013 consulte aqui !! Credenciamento On-line aqui !!

Para lista de expositores da feirFESPA Brasil 2013 consulte aqui  !!!

Veja os segmentos da feira :

Estamparia digital na feira FESPA Brasil 2013 consulte aqui !!

Serigrafia na feira FESPA Brasil 2013 consulte aqui !!

Grandes Formatos na feira FESPA Brasil 2013 consulte aqui !!

Sinalização na feira FESPA Brasil 2013 consulte aqui !!

Vestuário na feira FESPA Brasil 2013 consulte aqui !!
      


  

terça-feira, 12 de março de 2013

Feira FEICON - Começa Hoje !!

A tradicional feira FEICON começa hoje no parque de exposições do Anhembi em São Paulo !!!

Para visitar a feira FEICON 2013 consulte aqui !!

Para planta da feira FEICON 2013 consulte aqui !!!

Para lista de expositores da feita FEICON 2013 consulte aqui  !!!



segunda-feira, 11 de março de 2013

Show Room Plotters HP DesignJet - Informações - Como Comprar ?

Porque minha empresa ou departamento precisa comprar um PLOTTER ?

Qual PLOTTER eu preciso para a minha área técnica ?

Quais informações preciso saber para investir no equipamento certo ?

Porque devo comprar o T1300 e não o T790 ?
   
    
    
Porque o T790 e T1300 tem entrada USB que serve para pen drives ? Em que nos ajudará este recurso ?

Porque o T1300 tem dois rolos ? Em que nos ajudará ? Para quê isto ?
    

E para folhas cortadas em formato A3 por exemplo, dá para imprimir em algum dos dois ? Em qual PLOTTER ?
     
RESPOSTAS ?

Compre seu PLOTTER com quem entende de PLOTTER  !!! Ligue agora !!

Visite nosso show room e veja os detalhes e motivos de cada PLOTTER !!!
    

sexta-feira, 8 de março de 2013

Nicho - Impressão Digital em Plotter

Como sempre tentamos ou destacamos nichos de negócios que proporcionam demandas de impressão digital em PLOTTER. Demandas e nichos que podem salvar durante anos ou até décadas setores de negócios.

Depois da moda de se abrir uma padaria, locadoras de filmes, lan house, churrasquinho, barraca de consertar celular, barraca de vender óculos, barracas de balas em frente a faculdade, dentre outras, veja abaixo :
    

A imagem na foto não é das melhores. Mas trata-se de uma loja que vende vitaminas e usa o açaí como chamariz, também vende açaí de diversas formas. São 06:45 da manhã, hora de alunos irem para aula e a loja já tem espera para atendimento !!

A loteria e o comércio dos lados estão fechados.
    

     
A foto não melhorou, a loteria já fechou e o "açaí" continua aberto. São 19:00 e ainda há espera para atendimento !! Sua empresa tem espera para atendimento ?

Externamente e internamente a loja é toda adesivada  com impressões do cardápio e produtos servidos. Estimamos pelo menos 70 metros quadrados de impressão em vinil mais o serviço de instalação, balcões, prateleiras, avisos, piso e outros !!

Quem está imprimindo para o "açaí" ?

Esta moda já chegou em sua cidade ? Já procurou o franqueador ? O que está esperando ? 

Se o franqueador imprime com a tecnologia do cheirinho, demoram uns dias para poder abrir a loja, se abrir antes o funcionário e clientes ficam grogues. Vai deixar ? Com Latex, imprimiu, aplicou e já pode abrir a loja para faturar !!

Energia, aproveita e toma um açaí !!!



Mas não entre na onda de preço por metro quadrado !!

Também não se esqueça dos pré-requisitos da instalação e condicionantes !!